domingo, novembro 29, 2009

No mundo da TV e do Cinema...
- Em qualquer investigação policial é sempre necessário visitar um clube de strip.
- Todas as camas têm lençóis especiais em forma de L de forma a taparem as mulheres até aos ombros e os homens, que se deitam ao lado delas, até à cintura.
- O sistema de ventilação de qualquer edifício é o local ideal para alguém se esconder. Ninguém se lembra de procurar lá e pode-se alcançar facilmente qualquer parte do edifício através dele.
- Um homem não mostra dor quando é ferozmente espancado mas queixa-se quando uma mulher lhe tenta limpar as feridas.
- Quando um carro sofre um acidente arde quase sempre.
- Despir-se até à cintura pode tornar um homem imune às balas.
- A tosse é normalmente o sinal de uma doença fatal.
-Todas as bombas estão equipadas com temporizadores com grandes LEDs vermelhos de modo a que se saiba exactamente quando irão explodir.
- Os pilotos de helicóptero privados estão sempre prontos a aceitar dinheiro de terroristas, mesmo que o trabalho seja matar estranhos e termine na sua própria morte quando o helicóptero explode numa bola de fogo.
- Todos os discos de computador trabalham em todos os computadores.
- Quando estão sós, todos os estrangeiros preferem falar inglês entre eles.
- Qualquer fechadura pode ser aberta em segundos com um cartão de crédito ou um arame excepto a porta de um prédio em chamas com uma criança lá dentro.
- Ao conduzir um carro é normal não olhar para a estrada mas sim para a pessoa do lado ou de trás durante toda a viagem.
-Normalmente os polícias trabalhadores e honestos são mortos três dias antes da reforma.
- Quanto mais um homem e uma mulher odeiam-se maiores a probabilidades de se apaixonarem.
- Quando se é perseguido através de uma cidade pode-se normalmente escapar através da parada do dia de S. Patrick, em qualquer altura do ano.
- A torre Eiffel pode ser vista da janela de qualquer edifício de Paris.
- O chefe da polícia é sempre negro.
- Quando se fica sem uma mão o braço cresce 15 cm.
- Ao pequeno almoço as mães fazem sempre ovos e bacon para a família mesmo que ninguém tenha tempo para comer.
- Os camponeses medievais tinham dentes perfeitos.
- Ao conduzir um automóvel numa perseguição, mesmo numa recta é necessário virar constantemente o volante com força para a direita e para a esquerda.
- Não importa que se esteja em desvantagem numérica numa luta que envolva artes marciais.
- Os inimigos esperam pacientemente para atacar um por um, dançando à volta em atitude ameaçadora até que o seu predecessor esteja KO.
- Independentemente dos estragos que uma nave espacial sofra durante um ataque, o sistema de gravidade interna nunca é afectado.
- Muitos instrumentos musicais, especialmente os de sopro e os acordeões podem ser tocados sem mover os dedos.
- É sempre possível estacionar o carro em frente do edifício que se visita.
- As armas de fogo são como as lâminas de barbear descartáveis; se se fica sem balas deita-se a arma fora. Pode-se sempre comprar outra.
- A maquilhagem pode ser usada na cama sem sujar.
- Um detective só consegue resolver um caso se tiver sido suspenso do serviço.
- Em vez de gastarem balas, os megalomaníacos preferem matar os seus inimigos através de dispositivos complicados que envolvem rastilhos, roldanas, gases tóxicos, lasers e tubarões e que permitem que os seus prisioneiros tenham pelo menos 20 minutos para fugir

quarta-feira, novembro 25, 2009



25 NOVEMBRO
Passaram 34 anos sobre o contra-contra-contra-contra golpe de estado do 25 de Abril de 1974. De facto desde o dia em que o parvo do Caetano chegou à conclusão que esta coisa que se chama Portugal é ingovernável, viveu-se em golpes de estado sucessivos. O Povo e o MFA, ou o Povo, ou o MFA, ou os militantes partidários mais aguerridos, acordavam um dia e decidiam o protesto a realizar. Ou a embaixada a assaltar. Ou a barricada a desenvolver. Se a imprensa a tempo noticiasse e as populações topassem o protesto, gerava-se um chamado “movimento de massas” que no seu limite podia conduzir à queda de um governo. Vai daí o General “Cara-de-pau” mais o Major “Alvega” dos pára-quedistas decidiram dar umas chapadas a uns quantos e fazer com que a ingovernabilidade se processasse com ordem. Os banqueiros precisavam de sossego para roubar, os trabalhadores precisam de Paz para poderem meter as suas baixas médicas, e os políticos só com calma conseguem passar para as grandes empresas quando acabam as suas comissões de serviço nos governos. E desde 25 de Novembro de 1975 somos um País decadente feliz e que se auto-destrói com conta, peso e medida.
Eu ontem fui à Lapónia, considerando que falta um mês certinho para o Dia de Natal. Não que isto signifique alguma coisa para alguns. Mas para mim significa. Fui fazer uma oferta ao Pai Natal e pedir-lhe algumas retribuições. Num momento mais descontraído em que uma Deputada Municipal de Peniche pedia ao Homem das Barbas para despejar bom senso nas freguesias de S. Pedro e da Conceição da Cidade de Peniche, eu aproveitei para registar o momento para o futuro.Não que eu tenha esperanças de alguma coisa se alterar. Quando a raiva e o ódio movimenta as pessoas, não há Pai Natal que resista.

segunda-feira, novembro 23, 2009

DESLEIXO, PASSIVIDADE E QUEJANDOS… Há cerca de dois meses que no cruzamento da R. da Saudade com a Joaquim A. Aguiar, numa tampa que se encontra a nível do solo e que não sei o que contém, apareceu um buraco que rapidamente foi alargando até se tornar um perigo para os peões.
A solução encontrada por alguém com responsabilidades por buracos que vão surgindo e proliferando nas nossas ruas, foi arranjar um barril pintado com cores garridas e colocá-lo a tapar o buraco.
Acontece que os miúdos curtem deitar barris ao chão. Ou que os carros a virarem a esquina o vão tombando. Ou que os motoristas para melhor arrumarem as suas viaturas o deslocam. Sempre que qualquer uma destas situações ocorre o barril torna-se inoperante e o buraco ressuscita do seu esconderijo fantasma.
Dei tempo ao tempo. Primeiro porque era o período de eleições autárquicas e ninguém queria saber do buraco e do barril. Depois porque a Junta ficou órfã de pai, mãe e avós e não havendo quem se preocupasse, os ditos cujos Barril e Buraco não tinham quem olhasse por eles.
Mas existem umas quantas pessoas que moram na zona e que têm dificuldade de locomoção. Mais dia, menos dia, ou o Barril ou o Buraco fazem das suas.
Se faz favor!!! Alguém pode perfilhar o Barrilito e o Buraquito? A Liga dos Amigos das Ruas em Perigo, agradece.
"Nunca como hoje tivemos tanta informação e tão pouco conhecimento"
Steiner

sexta-feira, novembro 20, 2009

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE PENICHE –
O SEU A SEU DONO
Não tenho por hábito responder aos comentários que são feitos ao que escrevo no meu Blog. Primeiro porque essa não é a característica formal deste tipo de comunicação. Depois porque a livre critica ao que escrevo, sem que se corra o risco da resposta e contra-resposta, dá um grau de Liberdade a quem me critica que de outra forma poderia ser inibido. Quando no entanto surge uma pergunta directa ao que penso feita de tal forma, que seria quase má educação não responder, aí abro a excepção que confirma a regra.
Os resultados eleitorais nas autárquicas de 2009, deram como resultado para a ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE PENICHE, os seguintes valores:
- PCP/PEV - 40,52% com 9 Deputados Municipais eleitos
- PPD/PSD - 29,8% com 7 Deputados Municipais eleitos
- PS - 22,57% com 5 Deputados Municipais eleitos
- BE - 3,05%
- BRANCOS - 2,55%
- NULOS - 1,51%
- ABSTENÇÃO – 46,55%

Não incluo aqui sequer os Deputados que por inerência de funções de Presidentes de Junta. Isto porque para o meu raciocínio não me parece relevante essa indicação, mesmo quando isso significa tornar a maioria da oposição ainda menos significativa.
Não há dúvida sobre quem maioritariamente a população escolheu para ganhar a Assembleia Municipal. Ao mesmo tempo pela distribuição de votos disse ao Partido que ganhou as Eleições:”- Vocês ganharam mas têm uma AM onde não têm a maioria e que fiscalizará os vossos actos. É assim que queremos que funcione”
Os mecanismos Democráticos da Assembleia Municipal preservam a capacidade de intervenção da Oposição, não lhe coarctando qualquer direito. E a maioria de que dispõem dá-lhes a capacidade de em cada momento que for necessário, tomarem as medidas adequadas para impedirem que o Governo do Concelho se torne uma Autocracia.
Penso que foi uma atitude inteligente do PSD e do PS, a de não hostilizar as populações que votaram, dando a Presidência à CDU já que foi essa força política que ganhou as eleições. Até porque sabem que o cargo de Presidente da AM é meramente honorífico. É um penacho sem qualquer valor acrescentado. Importante é a maioria de que dispõem.
Preside quem ganha, fiscaliza que tem a maioria. Esta é a minha forma de ver as coisas. Para que conste.
PS: - Daí eu não perceber esta charlatanice que se passa com as Juntas de Freguesia de Conceição e de S. Pedro. Só se for para agradar a ruins defuntos. Mas esses já morreram. Desapareceram em pó.

quarta-feira, novembro 18, 2009

SABE QUEM SÃO?
1. DEPUTADOS DO PSD DE LEIRIA NA XI LEGISLATURA
PAULO BATISTA SANTOS
TERESA MORAISNome:
Paulo Jorge Frazão Batista dos Santos
Data de Nascimento:
1968-12-03
Habilitações Literárias:
Licenciatura em Contabilidade e Administração
Profissão:
Gestor de Empresa
Cargos exercidos:
-Secretário e Governador Civil do Distrito de Leiria;
-Consultor do I.E.F.P. - Centro;
-Administrador da Empresa Municipal ISERBATALHA, E.M.;
-Director Financeiro/Contabilidade de várias Empresas Privadas;
-Conselheiro Nacional do PSD;
-Várias funções Nacionais e Distritais na JSD;
-Tesoureiro da Comissão Política Distrital de Leiria do PSD
Cargos que desempenha:
-Deputado na XI Legislatura;
-Membro da Assembleia Municipal da Batalha;
-Consultor de Empresa;
-Secretário da Assembleia Geral da Sociedade LeiriaPolis S.A.
-Presidente da Comissão Política da Secção do PSD/Batalha.
Comissões parlamentares a que pertence
5ª-ORÇAMENTO E FINANÇAS
Data de Nascimento:
1958-06-01
Habilitações Literárias:
Economia
Profissão:
Economista
Comissões parlamentares a que pertence
4ª - ASSUNTOS EUROPEUS
6ª - ASSUNTOS ECONÓMICOS, INOVAÇÃO E ENERGIA
12ª - PODER LOCAL, AMBIENTE E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO
Nome:
Maria da Conceição Feliciano Antunes Brettes Jardim Pereira
Data de Nascimento:
1950-12-08
Habilitações Literárias:
-Bacharelato em Assistente de Administração
Profissão:
Assistente de Administração
Comissões parlamentares a que pertence
11ª - TRABALHO, SEGURANÇA SOCIAL E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
13ª - ÉTICA, SOCIEDADE E CULTURA
Nome:
Maria Teresa da Silva Morais
Data de Nascimento:
1959-07-21
Habilitações Literárias:
-Direito
Profissão:
Jurista/ Docente Universitária
1ª- ASSUNTOS CONSTITUCIONAIS, DIREITOS, LIBERDADES E GARANTIAS

2. DEPUTADO DO BE DE LEIRIA NA XI LEGISLATURA HEITOR DE SOUSA
Economista.
Membro da Mesa Nacional do Bloco de Esquerda.
Comissões parlamentares a que pertence
Deputado do Bloco na Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicações.

terça-feira, novembro 17, 2009

SABE QUEM SÃO?
Os nossos representantes na actual Legislatura (XI) da Assembleia da República? Hoje dou-vos os nomes, fotos e curriculos retirados das páginas dos partidos que recolhi na Internet. Hoje as caras dos Deputados do PS. Num post posterior os do PSD e do BE.
Deputados do PS à XI Legislatura
JOSÉ MIGUEL MEDEIROS
ODETE JOÃO
JOÃO PAULO PEDROSA
JORGE GONÇALVES
Deputados eleitos e/ou que exerceram mandato
LUIS AMADO
ODETE ALVES
Nome Completo
José Miguel Abreu de Figueiredo Medeiros
Data de Nascimento
31-12-1960
Habilitações Literárias
Licenciatura em Geografia
Profissão
Professor
Cargos que desempenha
Vereador da Câmara Municipal de Ansião (sem pelouros) desde 1997;
Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga de Amigos na Fundação N.ª Sr.ª da Guia (IPSS)
Deputado na X Legislatura;
Presidente da Direcção do Atlético Clube Amarante;
Cargos exercidos
Professor do 11.º Grupo A - Geografia (1989/1990);
Deputado na IX Legislatura
Professor do Ensino Secundário desde 1983/84;
Membro das Comissões de Ambiente, Poder Local e Ordenamento do
Território, da Juventude e Desporto, da Comissão Eventual de Acompanhamento
Do Euro de 2004
Membro da Assembleia Municipal (1993/1997)
Vogal da Comissão Instaladora da Escola C+S de Figueiró dos Vinhos
Coordenador dos Serviços de Acção Social Escolar e Vice-Presidente Administrativo (1983/1987) Delegado à Profissionalização do 11.º Grupo A no âmbito do processo de formação em serviço, em ligação às Escolas Superiores de Educação de Leiria e Castelo Branco (1989/90)
Requisitado desde 1990 até 12/1995 na Escola Profissional Profitecla - Pólo de Coimbra
Director do Gabinete Regional de Apoio ao Desenvolvimento Lda. (1987-95), coordenando as áreas de Planeamento regional e Local e da Formação em serviço, em ligação às Escolas Superiores de Educação de Leiria e Castelo Branco (1989/90)
Assessor com funções de Coordenador Geral, do Gabinete de Apoio ao desenvolvimento Local (GADEL) da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos (Maio 1992 - Dezembro 1995), Responsável por diversas candidaturas aos Programas Operacionais do Centro, ao PROSIURB, PROGIP, LIFE e LEADER
Membro fundador e Presidente da Comissão Instaladora de "Pinhais do Zézere - Associação para o Desenvolvimento"" abrangendo os Concelhos de C.ª de Pêra, Fig.º dos Vinhos e Pedrogão GrandeMembro do Conselho de Gestão do Programa LEADER/ELOZ que abrange os concelhos de Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Pedrogão Grande, Lousã,Miranda do Corvo e Poiares (Julho 1995 - Julho 1996)
Adjunto do Governador Civil de Leiria (01/1996 a 10/1999)
Presidente da Federação Distrital de Leiria do PS desde Maio 1998
Membro de Diversos Orgãos do PS ao Nível Concelhio e Distrital
Dirigente de Diversas Instituições Sociais, Culturais e Desportivas.
Vereador da Câmara Municipal de Ansião (1997-2002)
Obras Publicadas:
Diversos trabalhos científicos nos domínios da Educação da Formação Profissional e do Desenvolvimento Regional e LocalTítulos académicos e científicosDiversos Trabalhos de Investigação no âmbito da Geografia, ao planeamento regional e local e do ensino de Geografia, publicados em títulos da especialidade.
Comissões Parlamentares a que pertence
Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas
Comissão de Defesa Nacional
Comissão de Agricultura e Pescas
Nome Completo
Maria Odete da Conceição João
Data de Nascimento0
3-01-1958
Habilitações LiteráriasLicenciatura em Matemática
Mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação em Educação
Profissão
Professora de Ensino Secundário
Cargos que desempenha
Deputada na X Legislatura;
Cargos exercidos
Professora do Ensino Superior
Coordenadora do Projecto Minerva - Leiria
Coordenadora do Centro de Area Educativa de leiria
Professora do Ensino Secundário
Membro Conselho Científico do ISLA
Comissões Parlamentares a que pertence
Comissão de Orçamento e Finanças
Comissão de Assuntos Económicos, Inovação e Energia
Comissão de Educação e Ciência

Nome Completo
João Paulo Feteira Pedrosa
Data de Nascimento
29-09-1965
Habilitações Literárias
Licenciatura em Sociologia
Profissão
Sociólogo
Comissões Parlamentares a que pertence
Comissão de Assuntos Europeus
Comissão de Agricultura e Pescas
Comissão de Trabalho, Segurança Social e Administração Pública
Nome Completo
Jorge Manuel Rosendo Gonçalves
Data de Nascimento
01-01-1956
Habilitações Literárias
Frequência de Licenciatura em Ciências Sociais
Profissão
BANCÁRIO APOSENTADO
Comissões Parlamentares a que pertence
Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicações
Comissão de Saúde
Comissão do Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local

segunda-feira, novembro 16, 2009

EPISÓDIO MILIONÉSIMO TRICENTÉSIMO QUADRAGÉSIMO TERCEIRO DA NOVELA:
- OS GLADIADORES CONTRA A DUPLA

S. PEDRO/CONCEIÇÃO
No passado fim-de-semana passou mais um capítulo desta novela. A que afinal os espectadores acabaram por não ter o privilégio de assistir. Ou por avaria dos transportes, ou por falta de gasolina, ou porque ficaram em casa a lavar a loiça, os Gladiadores acabaram por não aparecer, deixando também S. Pedro às escuras.
Assim se vai cumprindo a democracia nesta terra. Quando as coisas não agradam, criamos todas as condições possíveis para evitar o fim inevitável.

sábado, novembro 14, 2009

HISTÓRIAS DE FIM DE SEMANA
João tinha uma carreira de sucesso, mas era acometido de uma dor de cabeça crónica que aumentava a cada ano.Quando sua saúde mental e sua vida amorosa começaram a ficar ameaçadas, ele procurou auxilio médico.
Depois de deambular de um especialista para outro, ele finalmente descobriu um médico que resolveu o problema:
- A boa noticia é que eu posso curar sua dor de cabeça. A má notícia é que isso requer sua castração. Você tem uma condição muito rara que causa o esmagamento de seus testículos contra a base da espinha. A pressão causa uma dor de cabeça insuportável. A única maneira diminuir a pressão é removendo os testículos!
João ficou chocado e deprimido. Ele questionou se havia algum motivo para continuar vivendo. Mas mesmo não tendo encontrado a resposta, algum tempo depois, ele decidiu entrar na faca, pois a dor de cabeça era realmente insuportável.
Quando ele deixou o hospital, sua cabeça estava límpida, mas ele sentia que algo importante dele havia desaparecido. Andando pela rua, ele percebeu que era outra pessoa. Ele podia recomeçar a viver uma nova vida, mas a sua masculinidade estava abalada e alguma coisa precisava fazer para sentir-se um pouco melhor. Ao passar por uma loja de roupa masculina ele pensou:
- É disto que eu preciso: um terno novo. Entrou na loja e disse ao vendedor:
- Gostaria de ver um terno. O vendedor, um velhinho que devia ter no mínimo uns 50 anos de experiência olhou para ele e disse:
- Vejamos... tamanho 52 longo.
João riu:
- Você esta certo! Como você conseguiu?
- É minha profissão. -Disse o vendedor.
João experimentou o terno. Caiu feito uma luva. Enquanto o João se olhava no espelho, o vendedor perguntou:
- E que tal uma camisa nova?
João pensou um segundo e disse:
- Tá certo...
O vendedor olhou prá ele e disse:
- Vejamos... 42 largo.
João ficou surpreso:
- Você está certo! Como você conseguiu?
- É minha profissão. - Disse o vendedor.
João experimentou a camisa e ficou perfeita. Enquanto João ajustava o colarinho pelo espelho, o vendedor disse:
- E que tal um par de sapatos novos?
João não hesitou:
- Vamos lá!
O vendedor olhou para os pés do João e disse:
- 42.
- Você está certo! Como você conseguiu?
- É minha profissão. - Disse o vendedor.
João experimentou os sapatos e eles encaixaram como chinelos.Ele andou um pouco dentro da loja para confirmar o conforto. E o vendedor aproveitou para vender-lhe um chapéu, uma malha e uma camiseta, sempre acertando o tamanho só de olhar. Por fim o vendedor ofereceu-lhe uma cueca nova! João aceitou e o vendedor disse:
- 42.
João deu uma risada:
- Agora você errou! Eu sempre usei 40!!!
O vendedor balançou a cabeça e disse:
- O senhor não pode usar 40. Vai ficar muito apertado! Vai pressionar seus testículos contra a espinha e isso vai lhe dar uma dor de cabeça insuportável...

sexta-feira, novembro 13, 2009

DEMOCRACIA
O termo Democracia tem origem no grego (demo=povo e kracia=governo).
Em 508 a. C. foi inventado na cidade de Atenas um novo sistema político - a democracia - que representava uma alternativa à tirania. O cidadão ateniense Clístenes propôs algumas reformas que concediam a cada cidadão um voto apenas, nas assembleias regulares relativas a assuntos públicos.Surgiu também um conselho de 500 membros - a Bulé - mudado anualmente, que era constituído por cidadãos com idades acima dos 30 anos que não podiam servir mais do que duas vezes numa vida. A Bulé era o pilar do novo regime. Esta alternativa à tirania incluía camponeses, mas excluía as mulheres como iguais. No entanto, como experiência política seria a mais imitada e copiada de todas.
Actualmente a democracia é exercida, na maioria dos países, de forma mais participativa. É uma forma de governo do povo e para o povo.
Existem várias formas de democracia na actualidade, porém as mais comuns são: directa e indirecta.
Na democracia directa, o povo, através de um plebiscito, referendo ou outras formas de consultas populares, pode decidir directamente sobre assuntos políticos ou administrativos de sua cidade, estado ou país. Não existem intermediários (deputados, senadores, vereadores). Esta forma não é muito comum na actualidade.
Na democracia indirecta, o povo também participa, porém através do voto, elegendo seus representantes (deputados, senadores, vereadores) que tomam decisões em novo daqueles que os elegeram. Esta forma também é conhecida como democracia representativa.

Democracia=Governo do povo, pelo povo e para o povo.

A democracia é um sistema imperfeito e que muitas vezes conduz a situações pouco convenientes. Mas sendo um sistema imperfeito, continua a ser o melhor sistema que se conhece.
É utilizada muitas vezes pelos seus piores inimigos para a seguir a porem em causa. Limitando-a ou mesmo expurgando-a. Veja-se o que aconteceu na Alemanha em que Hitler chegou democraticamente ao poder para a seguir a restringir de todo. Ou o que se passa actualmente na Venezuela. Sem por em causa a legitimidade do Sr. Chavez, o uso que ele faz da Democracia em seu proveito e da oligarquia que pretende perpetuá-lo no poder, dizia o uso que o sr. Chavez faz da Democracia é no sentido de a pôr em causa.
Muitos falam em nome da Democracia. Seria bom que fizessem um acto de contrição sobre o uso que ao longo dos seus anos de vida lhe deram. Eu fico-me pela análise. E corro o risco de alguns não terem exercitado melhor a sua capacidade de análise em relação à Língua Portuguesa. Deviam ter estudado mais e melhor quando tiveram aulas de Português na Escola.
Se todos usarmos a Democracia em nome dos que representamos, evitamos fazer figuras ridículas. Afinal a Democracia não é um penacho para pormos no chapéu ou uma arma para utilizarmos em proveito próprio.

quarta-feira, novembro 11, 2009

PORQUE AS COISAS TÊM NOMES PRÓPRIOS E APELIDOS
Tem-se falado muito dos acontecimentos à volta das Assembleias de Freguesia de S. Pedro e Conceição e do impasse que se tem gerado com a inviabilização das listas da CDU (que ganharam as eleições), por acção conjunta dos partidos que as perderam, PS e PSD (que estão em conjunto em maioria na Assembleia de Freguesia).
Ainda ontem a 3ª reunião convocada para eleger o executivo não se realizou por os elementos do PS e do PSD não terem comparecido apesar de terem sido convocados. Parece que agora iniciaram um novo processo de oposição com o objectivo de atrasar o que já parece ser irremediável, a convocação de novas eleições para aquelas freguesias.
Porque se fala muito de CDU, PS e PSD, mas não se fala das pessoas que representam estes partidos neste impasse, damos hoje luz às pessoas que estão envolvidas neste imbróglio. Até porque se as eleições se repetirem é importante conhecer as pessoas em quem votamos.

JUNTA DE FREGUESIA DA CONCEIÇÃO
Presidente eleito – Raul Santos (CDU)
Partidos Representados:

CDU - Raul Santos
- Ana Leonor
- Ricardo Martins
- Orlando Sousa

PS - Sebastião Batalha
- Luís Costa
- Dina Mamede Duarte

PSD - António Sales
- Agnelo Rodrigues

JUNTA DE FREGUESIA DE S. PEDRO
Presidente eleito – Floriano Sabino (CDU)
Partidos Representados

CDU - Floriano Sabino
- Cesaltino Martins
- Joana da Mata
- Francisco Jorge

PSD - Carlos Tiago
- Jorge Saldanha da Silva
- Joana Marçalo Ferreira

PS - Amélia Colaço Rocha
- Maria Isilda Santos

terça-feira, novembro 10, 2009

ICH BIN EIN BERLINER (Eu sou um Berlinense)Quando em 1963 John F. Kennedy proferiu estas palavras em Berlim Ocidental frente ao Muro de Berlim, estava a iniciar um processo que só veio a culminar em 1989 com a o derrube daquele símbolo que transformava em párias todos os cidadãos europeus amantes da Liberdade.
Eu que pertenço a uma geração que surgiu no início do fim do ideário nazi, que viu cair o muro de Berlim e o sentido mais perverso do ideal comunista construído sobre escombros e a falta de dignidade. Eu que vi a Guerra do Vietnam e a derrota do expansionismo capitalista dos EUA. Eu que vi cair não 1, mas 2 Salazares no meu País, dando aos Povos Africanos o direito de viverem as suas próprias vidas.Eu que vi o Homem pousar na Lua, as mulheres terem acesso em pé de igualdade a todos os escalões da vida Moderna. Eu que vi pessoas segregadas das Universidades por serem negras e agora vejo na Presidência dos Estados Unidos um preto. Eu que vi tudo isto e tudo o que já deixei de recordar pelo desgaste de uma memória que já não é o que era. Eu ontem a ver na CNN a transmissão da queda do Muro de Berlim, assistindo em directo ao discurso de um Presidente da Rússia congratulando-se com o facto, ontem dizia eu, comovi-me até às lágrimas e senti-me feliz por me ter sido dada a oportunidade de viver a História como vivi. Pode haver quem sonhasse viver o tempo da Idade Média com o romantismo da capa e espada. Ou o tempo das grandes civilizações Egípcia, Grega ou Romana. Ou a época das luzes em paris. Ou a idade dos índios e cowboys na América. Eu sinto-me grato por viver este tempo. Tempo de Pessoa, de Madame Curie, ou do Sr. Bill Gates.
E sei que o meu tempo, é um tempo de mudança que ficará para sempre ligada aos grandes conflitos filosóficos e políticos da humanidade.
Ao sentir-me Berlinense, senti-me cidadão do Mundo e natural desta terrinha que me dá tanta alegria por ser como é e tanta mágoa por ainda não se ter descoberto a si própria. Eu sou um penicheiro.

domingo, novembro 08, 2009

FRASES E AUTORES
Incomodam-me as pessoas que não dão a cara. (Anónimo)
Vamos por partes. (Jack "O Estripador")
A minha esposa tem um bom físico. (Albert Einstein)
Eu comecei por roer as unhas. (Venus de Milo)
Nunca pude estudar Direito. (O Corcunda de Notre Dame)
Ser cego não é grave, pior seria ser negro. (Stevie Wonder)
Sempre quis ser o primeiro. (João Paulo II)
Quando te foste deixaste-me um sabor amargo na boca. (Monica Lewinski)
Hás-de pagar-me. (Fundo Monetario Internacional)
Batemos a concorrência. (Moulinex)
Não ao derramamento de sangue!!! (Tampax)
O automóvel nunca substituirá o cavalo. (A égua)
Disseram-me para jogar junto a linha branca. (Diego A. Maradona)
Tenho um nó na garganta. (Um enforcado)
Estou feito em pedaços. (Frankenstein)
Gosto da humanidade. (Um canibal)
Basta de humor negro! (Ku Klux Klan)
A minha noiva é uma cadela! (Pluto)
És a única mulher da minha vida! (Adão)
Levantarei os caidos e oprimirei os grandes! (O soutien)

sexta-feira, novembro 06, 2009

S. MARCOS
Como habitualmente quando vou a Lisboa, levo o carro até Torres Vedras e aí apanho o autocarro directo até ao Campo Grande. Sempre que chego a Torres (na ida ou na volta) vou tomar uma “bica” ao Café S. Marcos que se situa muito perto da estação rodoviária. É uma forma revivalista de recordar colegas e amigos que encontrei em Torres e na CAE que ali ficava muito pertinho.
Na passada 2ª Feira lá cumpri esse ritual mais uma vez. Entrei com a minha mulher e quando me dirigi à mesa onde me agradava sentar, reparei que se encontrava um pouco molhada. Pedi a uma senhora um pano para a limpar e ela com modos desabridos disse-me com modos desabridos que eu tinha muitas mesas que estavam limpas que me sentasse numa outra qualquer. Fiquei mal disposto mas lá fiz o que me foi dito.
Em seguida fui ao balcão e perguntei se tinham pastéis de feijão, com que eu queria presentear a minha sogra. Responderam-me que não. Fiquei desiludido.
Entretanto vi lá uns outros pastéis com um aspecto semelhante aos que eu queria, e perguntei de que eram feitos. Foi-me dito que eram de amêndoa e semelhantes aos pastéis de feijão. Fiquei perplexo.
Mas, para não me passar mais da cabeça pedi 8 bolinhos daqueles. Qual não foi o meu espanto quando vi a funcionária atirar os bolos para um cartucho de papel dos que serviam para o pão, fechar a boca do saco com duas “torcidelas” e com um gesto tentar entregar-me aquilo. Perguntei se me achava tão pouco digno de receber os bolos numa caixa de papel adequada. A empregada fez uma cara de espanto e lá foi mudar a embalagem bem aborrecida com a minha exigência.
Sei que a crise económica está muito difícil. Sei que as pessoas andam aborrecidas porque a vida está muito complicada. Mas se também não fazemos nada para melhorar as coisas provavelmente vai tudo de mal a pior.
A pastelaria S. Marcos vai morrer para mim. Não sei se os actuais proprietários são os mesmos do meu tempo. Se são deveriam descansar. Se são outros deveriam escolher outra actividade. Atendimento ao público não é de certo o que poderão fazer de melhor.
Até sempre café S. Marcos de tantas recordações. Vou telefonar ao meu amigo Moedas Duarte para não marcar encontro para o café naquele centro de má disposição.

quinta-feira, novembro 05, 2009

A CRUZ N(D)AS ESCOLAFarisaicamente erguem-se vozes contra a norma da CE que restringe o uso de símbolos religiosos nas Escolas Públicas. Tenho para mim que alguns preferem ver Cristo na Cruz. Se ele saísse de lá e recomeçasse a sua peregrinação no Planeta Terra, muitos dos que se dizem seus fiéis já estavam outra vez a tentar crucificá-lo.
Os tempos em que vivíamos isolados do resto do mundo acabaram. Hoje mandamos gentes para a diáspora e recebemos povos de todos os lados, credos, convicções políticas, cor e culturas, das suas diásporas. O estarmos socialmente acompanhados por todos obriga-nos a respeitarmos todos. Para isso teremos que compreender que o que pode ser aceitável para um cristão, pode não o ser para um islamita ou para um agnóstico ou até um ateu.
Cristo desenvolveu a sua seita de seguidores, com o exemplo da sua vida posta ao serviço dos outros. Não é crucificando o seu exemplo que se conquistam adeptos para a sua causa.
Sejam cristãos nas atitudes e na forma de estar na vida. Vão ver que terão melhores resultados. Deixam a Cruz sair da sala de aula de forma pacífica e regozijem-se na alegria de serem homens e mulheres prontos a estarem em paz com todos os povos do mundo. Tenham cuidado que, se Cristo realmente existe, está a avaliar todos: Alunos e Professores. E não sei se a avaliação que está a ser feita favorecerá os que se julgam acima de qualquer critica.

quarta-feira, novembro 04, 2009

NA CAPITAL DA ONDA, CIRCULA UM MAR DE ENGANOS
O que se continua a passar com as Juntas de Freguesia de S. Pedro e Conceição é uma vergonha para todos os Penicheiros. Não ouço agora a voz dos “poetas da corte” “estrofando” os seus poemas de escárnio e de maldizer pelos que não sabem sair com honra. Pelos que não sabem fazer de uma derrota eleitoral um acto de dignidade. Mas como hão-de saber viver em Democracia os que nunca a sentiram dentro de si.
Ainda tive a esperança de que o PS e o PPD/PSD soubessem por as caixas de neurónios dos seus candidatos a funcionarem.
Mas a raiva e o desespero venceram onde só a razão deveria imperar. Não vejo esses Partidos a romperem a sua solidariedade com pessoas que põem em causa princípios elementares nas eleições. Parece que está tudo cheio de ódio.
Sinto-me feliz de em tempo oportuno me ter afastado da política partidária.

terça-feira, novembro 03, 2009

HOSPITAL PULIDO VALENTE - SERVIÇO EXTERNO
Ontem foi dia das revisões ao físico. De manhã para verificar da minha situação em relação à extracção de um cancro no pulmão. À tarde verificar o estado em que se encontra o meu coração após este massacre todo eleitoral.
Cheguei ao HPV às 07:50 horas. Marquei um Raio X torácico. Fiz o RX. Agora após isso é através do PC que são registadas as imagens. A seguir fui para a sala das consultas externas. Às 09:30 horas, já tinha sido atendido, marcada nova consulta para daqui a 6 meses e já vinha a sair do Hospital.
Quando numa unidade com aquela dimensão, os utentes têm uma qualidade de atendimento como este, que me surpreende sempre e não me canso de elogiar, continuo a interrogar-me porque é que o Centro de Saúde de Peniche (não confundir com o Hospital de Peniche) funciona com a ineficiência conhecida de todos.

domingo, novembro 01, 2009

UM MAR DE ENGANOS...
Havia um casal que estava casado há 20 anos e sempre que faziam sexo o marido insistia em desligar a luz. Após 20anos, a mulher achava que aquilo era estúpido. Decidiu que iria tirar ao marido esse hábito desnecessário. Certa noite enquanto o faziam, ela acendeu as luzes. Olhou e viu o marido com um vibrador na mão. Ela ficou louca:
- Seu cabrão impotente grita - Como pudeste mentir-me durante estes anos todos!? É melhor explicares-te bem !
O marido olhou-a bem nos olhos e, calmamente, disse:
- Eu explico o vibrador se tu explicares os nossos três filhos...